Porque faltar às reuniões ?

Hoje há sessão, a sua presença é importante !

democracia-direta-grega

Quando alguém se propõe a fazer parte de uma associação, seja lá qual for, esse alguém deve certificar-se que “compromisso assumido é Palavra Empenhada “.

(J.Coutinho:.)

Se pessoas fazem acordos, não devem esquecer que todos que fazem o acordo estão no dever de cumpri-lo sem sofisma, porque alguém já fica dependente do compromisso firmado por que outrem.

Está claro que quando eu faço um acordo com uma pessoa, ou mesmo com uma associação, nesse momento estou comprometido com as obrigações as quais eu deva ter antes firmado lá no fundo do meu  coração.

Ou então; “façamos como os gregos da antiguidade” que para conseguir os membros necessário para determinada sessão, idealizaram um sistema de ajuda financeira para que eles não faltassem às reuniões.’

Atenas 2

Os atenienses por exemplo, eram assíduos; a principal explicação para que eles conseguissem uma assiduidade maior que as nossas atuais reuniões em Lojas, Associações de Pais e Mestres, e condomínios etc. está no interesse cívico de cada um.

Por exemplo; um cidadão que não tivesse interesse pela política era considerado inútil. Alem disso, ninguém tinha mais o que fazer mesmo.

Com as mulheres resolvendo os problemas do lar e os escravos produzindo bens, os gregos adultos tinham tempo de sobra para bater papo nas assembleias.

No século IV a.C., uma guerra com Esparta diminuiu o interesse pela política dos atenienses, que passaram a se preocupar mais com a próprias vidas.ATENAS

Para contornar a situação, os dirigentes criaram técnica de procedimento um tanto curioso; o qual não seria bom negócio nos dia atuais nas reuniões das Lojas, ou reuniões de condomínios etc.

Num Procedimento para chamar atenção dos seus nembos, escravos munidos de uma corda encharcada com tinta vermelha varriam as ruas manchando os cidadãos que não estavam na assembléia.

quem fosse pego com tinta vermelha na roupa pagava multa. Outra técnica heterodoxa era pagar 1 óbulo para quem assinasse a lista de presença.

O valor, porém era muito baixo – sendo assim; muitos preferiam jogar conversa fora no mercado. Quando o prêmio passou para 3 óbulos, assiduidade foi tão grande que os dirigentes tiveram que que fazer um cordão de proteção para controlar a entrada.

Acho que atualmente não há necessidade de usar tais artifícios; ou há?

Um dos maiores problemas da baixa frequências nas Lojas maçônicas atuais, são talvez  por uns, dois ou três motivos que seriam fácil de resolver com uma dose de boa vontade dos Irmãos e também com uma dose de comando da sua administração; senão vejamos:

Não há motivos justificáveis para que uma Sessão comesse com atraso; se um dos Irmãos se atrasar, a Sessão deve começar naturalmente, se não; todos que correram para chegar no Templo no horário combinado passarão por bobos?.

Aqueles que se atrasam por motivos não justificáveis, chegará a hora que ficarão escabridos; e tomarão prumo ou reta.

Não se deve discutir assuntos pessoais que possam atingir ou melindrar os Irmãos. Se um irmão está passando por algum problema de cunho pessoal, familiar, financeiro etc, esse Irmão não ficará feliz se receber críticas por estar em má situação e com isso, não parecer bem humorado em Loja.

Nesses casos existem comissões que devem abraçar os Irmãos em dificuldades e trazê-lo par a convivência suave, fraterna e pacífica em Loja.

Arrumar assuntos que não combinem com uma Sessão Maçônica, tipo briga de vizinhos do condomínio Tal; a Sessão se prolonga e os Irmãos que saíram de casa cedo ficam se desgastando por motivo alheio à Maçonaria.

Brigaram na Sessão do Parlamento, não se deve discutir isso dentro de Lojas; será melhor na frente das Assembleias, se possível com torcidas e bandeirolas; mas não dentro de uma Loja Maçônica.

Falar de mais, sem rumo, com assuntos desconexo, atrapalhando a circulação da Palavra em Loja é por demais desgastante.

Criticar algum Irmão em público, não se deve jamais: em público só se deve fazer elogios, isso vai unir muito mais os Irmão, e a boa frequência vai ser muito mais frequente; e o resultado será: o fortalecimento da Ordem e da Egrégora para que Espiritualidade Reine no Templo Maçônico.

(Por/J.Coutinho:.)

Biografia: Os regos,
Comentários e edição: por /J.Coutinho:.